A Prefeitura de Sombrio iniciou ontem, os atendimentos odontológicos no novo consultório do Posto de Saúde do bairro Nova Brasília, inaugurado no segundo semestre de 2019 e com isso supre uma demanda pedida pela população desde a implantação do atendimento de ESF na comunidade, em 2013, também sob gestão da atual administração municipal.

“Hoje é um dia de muita alegria e de agradecer por mais esta conquista. Os bairros Nova Brasília e Morretinho eram atendidos nos bairros São José e Januária. Em 2013, Zênio Prefeito e eu como secretária de saúde, implantamos aqui o Posto de Saúde, que sequer existia. Ano passado inauguramos essa unidade nova, saindo do aluguel. E agora, em 2020, colocamos a disposição da comunidade o serviço odontológico. É uma grande evolução e para ser muito comemorada”, disse a prefeita em exercício, Gislaine Cunha, ontem, em visita à unidade.

Os equipamentos são todos novos foram elogiados pelo dentista do bairro, Doutor Túlio Margute, que já está pronto para receber seus pacientes. “Temos aparelho de Raios-x, ultrassom, cadeira nova, enfim, tudo o que um consultório precisa, além de insumos de altíssima qualidade, para fazermos o melhor por todos os pacientes, crianças, adultos e idosos, que passarem por aqui”, comentou.

Logo na entrada da unidade, já era possível ver a felicidade dos profissionais que ali trabalham, comandados pela enfermeira Priscila Santos e, de acordo com a prefeita, a felicidade será maior ainda nesta terça-feira, na abertura dos atendimentos.

“Sempre foi uma luta nossa, do Zênio e minha, de melhorar sempre todas as unidades. levar saúde para todos, com qualidade de consultórios particulares, com atendimentos dignos e humanizados e essa é mais uma prova desse nosso esforço, mais um resultado positivo para a saúde de Sombrio”, conclui Gislaine.

 

Lideranças e agricultores do Sul catarinense deverão lotar a Assembleia

Legislativa, na audiência pública que será realizada nesta quarta-feira, dia 11 de março, às 13h30min, na Assembleia Legislativa.

O foco é debater e realizar ações para impedir que seja aprovada, na reunião do Conselho Fazendário _ CONFAZ a proposta de aumento do ICMS sobre os defensivos agrícolas em 17%. A audiência convocada pelas Comissões de Agricultura e Política Rural, presidida pelo deputado estadual Zé Milton e pela de Finanças e Tributação.

Segundo informações passadas aos parlamentares agricultores e lideranças do setor produtivo estão de todas as regiões estão mobilizando caravanas para a Audiência. Presidente do Sindicato Rural de Araranguá, Rogério Pessi informou que da AMESC está ônibus irão sair da região com os interessados. “Este é um debate amplo e que precisa da nossa contribuição para evitarmos que a isenção seja revogada e a agricultura e a população pague um preço alto”, informou Pessi.

Presidente da Comissão de Agricultura deputado Zé Milton vê a ação do setor como positiva. “Há muito existe um debate sobre defensivos. A Alesc, mais uma assume seu papel de aproximar a população do Governo. Esta audiência, assim como o amplo debate ocorrido no ano passado demonstrou a necessidade de mantermos a isenção para a sanidade econômica e social do Estado. Precisamos deixar bem claro aos governos a necessidade desta manutenção”, defendeu o deputado, que foi o autor da emenda que evitou o aumento para 17% em janeiro e assegurou a manutenção da isenção até a definição do CONFAZ.