Arnaldo Estevam

POESIA

Arnaldo Estevam | Poesia | CRUZ… CADA UM CARREGA A SUA

Certo sujeito andava Sozinho pela estrada E carregava consigo Uma cruz muito pesada Depois de tanto andar Começou então notar As costas muito cansadas. Já sentindo-se exausto Pelo peso carregado Chegou em uma...

Poesia | Arnaldo Estevam | Deu o porco!

Mais uma vez escrevendo Lembrando coisas passadas Eu convivi com algumas Estranhas, mas engraçadas Mesmo sendo verdadeira Mais parece brincadeira Parece também piada Bem diferente d’agora Os fatos acontecidos Cozinha sem assoalho Feito só...

ARNALDO ESTEVAM

Poeta Sombriense.