Alunos do município participam de projeto que está ensinando a prática de instrumentos musicais que vão formar a orquestra infanto-juvenil

Com apoio das secretarias de Assistência Social e de Educação, Jacinto Machado cumpriu a primeira etapa na formação de sua própria Orquestra. Um projeto iniciado em agosto deste ano está ensinando música instrumental a alunos do 4º e 5º anos do ensino fundamental.
Num primeiro momento com alunos da escola de ensino básico Albino Zanatta, teve início em 2021 um projeto para formar uma Orquestra Municipal Infanto-juvenil, em Jacinto Machado. O primeiro núcleo envolveu aproximadamente cem alunos de 4º e 5º anos. O objetivo foi de ensinar as crianças a tocar os instrumentos de base. “A intenção é de que outros núcleos sejam criados em outras escolas, dando continuidade à formação da orquestra, ensinando outros instrumentos”, informa a secretária municipal de Educação, Cleonice Possamai.

O projeto tem a orientação de Osny Costa Júnior e Kary Patrícia Matos Costa, que há quase três décadas têm envolvimento com projetos musicais em municípios de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com o maestro, o primeiro núcleo trabalhou a base com a flauta. O próximo passo deve ser a seleção de alunos para violinos. “O município já dispõem dos instrumentos necessários para as próximas etapas do projeto, que devem retornar já no início de 2022”, explica Osny. A expectativa é de que sejam envolvidos no mínimo 200 alunos do município.

Na última semana, apresentações foram realizadas na comunidade escolar e também na prefeitura, com acompanhamento do prefeito João Batista Mezzari, o Gaiola, de secretários municipais e de servidores. “É um projeto muito bonito e que tem muito a acrescentar à vida destes alunos e também a todos os cidadãos do município, que passará a contar com um grupo de músicos que nos representarão em apresentações municipais, regionais e até em outras regiões”, salientou o prefeito Gaiola, ao acompanhar a apresentação.

As aulas foram realizadas semanalmente, sempre às quintas-feiras, e o seu retorno com a adição de novos instrumentos deve acontecer paralelamente ao início do próximo ano letivo, em janeiro ou fevereiro de 2022.

Fonte: Assessoria de Comunicação de Jacinto Machado