A prática do jiu jitsu propicia a prática do esporte que soma disciplina e defesa pessoal

O projeto Sementes do Tatame, lançado pela administração municipal de Turvo, através da secretaria de Assistência Social, atenderá crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). A prática do jiu jitsu propicia a prática do esporte que soma disciplina e defesa pessoal, como mecanismo de desenvolvimento integral (psicológico, físico e social) de crianças e adolescentes, contribuindo na formação da cidadania, combate à violência, respeito aos Direitos Humanos e inclusão social, oferecendo assim uma nova visão de futuro.

A secretária de Assistência Social, Elenita Scarabelot Pazini (Nita), observa que o projeto traz consigo este objetivo em prol do desenvolvimento integral das crianças e adolescentes, e que no futuro, pretende atingir mais jovens, além do grupo inicial do SCFV. “Neste contexto, é uma alternativa de combate aos problemas sociais, com objetivo de criar oportunidades para que crianças e adolescentes possam desenvolver habilidades esportivas, aliadas a uma formação humana integrada a valores educacionais, fortalecendo seu papel como vetor para a construção de uma sociedade justa e igualitária”.

Para o prefeito, Sandro Cirimbelli, além da disciplina e defesa pessoal, o Sementes do Tatame visa ser um suporte, já que a realidade atual é que as crianças e adolescentes deixaram de praticar exercícios físicos e utilizam-se somente de instrumentos digitais como forma de lazer, o que gera consequências negativas de saúde, tanto física quanto mental.



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui