Morreu neste sábado o apresentador Larry King, um ícone de TV americana. Ele tinha 87 anos e vinha lutando contra a Covid-19. King calculava ter entrevistado mais de 50 mil pessoas em sua carreira, desde presidentes de grandes nações (nos Estados Unidos, todos desde Richard Nixon) a especialistas em alienígenas.

A notícia foi confirmada pelas redes sociais de King, através de seus representantes. “Com profunda tristeza, a Ora Media anuncia a morte de seu cofundador, apresentador e amigo Larry King, que morreu nesta manhã, aos 87 anos, no Cedars-Sinais Medical Center, em Los Angeles”, diz a mensagem publicada no Twitter.

King estava internado desde o começo do ano, após contrair a Covid-19. O estado dele era considerado grave, e o apresentador não podia receber visitas no hospital. A causa oficial da morte não foi anunciada.

O globo