Cilene Boinch, mais conhecida como Preta Boinch, reside em Sombrio, no Bairro São Pedro, e é voluntária de uma ONG de animais na sua cidade e bairro. Em sua casa, Preta possui 10 cães e 15 gatos: “Às vezes tenho mais e às vezes menos, isso é conforme eu recolho, e nisso vou tentando encontrar um bom tutor para eles”, relatou ela.

Preta cuida, presta apoio e concede abrigo a animais abandonados, doentes ou que as pessoas levam para sua casa, porém cada dia tem ficado mais difícil a sua situação financeira da ONG que ela participa. Nisso, Preta decidiu organizar uma rifa para então trazer benefícios para seus animais.

“No meio dessa situação em que vivemos, tive a ideia de fazer uma rifa, inspirada em outras voluntárias. Recebemos pouca ajudas e temos que ter e comprar o necessário que é a ração, pagar as clínicas, pet shops, agropecuárias, fora os medicamentos. Tem animais que pegamos que necessitam de algum tratamento e isso envolve custos. É muito triste ver eles nessas situações e a rifa veio para ser uma ajuda para as dívidas que já são de R$200 por semana. É uma coisa sem fim, eu queria ter rações e medicamentos sobrando para poder prestar com mais agilidade os auxílios, tanto na clínica quanto nas agropecuárias”, desabafou.

A rifa pode ser encontrada no Facebook (Preta Boinch), e o sorteio será virtual. O valor de cada número é R$ 5,00, sendo 600 números. Além de ajudar em todos esses custos, uma parte do valor será para custear sessões de quimioterapia de uma cachorrinha, chamada Sky, resgatada das ruas, debilitada e com câncer.

“Enfim, realizei as sessões de quimioterapia, porém, ainda estou com a dívida, em torno de oitocentos reais, só dela. A pessoa pode comprar, depositar em minha conta, me manda o comprovante pelo número (48) 996836054, e eu marco o nome e o contato, ao lado do número que a pessoa escolher, e pode contribuir com o PicPay @taiane.Quadros, ou pela nossa poupança na caixa, número 2892 023 00001858 4, CPF 415 299 280 87, o sorteio será realizado até o final do mês”.

>Link da Rifa Aqui <

Os prêmios foram todos também arrecadados. Entre eles: um bolo de dois quilos e meio, lingeries, um perfume Natura, batons, cremes de cabelo, um botox, depilação de cera feminina, uma garrafa térmica, um roteador, calçado, camisas, e bermuda femininas.

Ela contou também que isso é algo que só faz quem realmente ama os animais, que está nessa luta há mais de 10 anos, e já doou e recolheu muitos animais: “Já aconteceu de eu ter que ir buscar de volta o animal doado, por conta das pessoas se comprometerem e não cuidarem de verdade, mas temos que doar, por conta do local aqui que é pequeno. Permanente tenho oito animais que cuido e o resto é feito o ciclo de doações, mas lidamos com muitos abandonos todos os dias na cidade, são coisas sem fim, e a solução seria a castração”, disse Preta.

Preta também falou sobre a possível solução desse problema: “O prefeito poderia fazer uma ação, e pagar um veterinário para ir até esses bairros mais pobres, porque acaba fugindo do controle e vemos que os animais acabam ficando na rua sem rumo e doentes, não tem porque disso tudo, poderia sim ter mais ajuda do poder público e mais ações com a imunização e castração dos animais e porque acaba que as ONGs e as pessoas que prestam esse serviço voluntário estão, cada vez mais, sofrendo em diversos aspectos”.

“Nossa conta da ONG cada vez aumenta mais, e precisamos de ajuda com todos os tipos de doações, tem dias que eles precisam de mais rações e mais medicamentos, mas não temos mais suporte para isso. Diariamente, fora os recolhimentos às pessoas que possuem seus animais e nos procuram para nos doar, pois não querem mais. Quero cobrir uma parte da minha casa para que eles fiquem protegidos e tenham um lugar seguro. Recebo denúncias e mais denúncias de abandono, e acabamos não dando conta de tudo isso, mas com o incentivo de alguns simpatizantes é o que nos dá motivos para prosseguir”.

Preta deixa uma mensagem de apoio e incentivo para todos que exercem esse trabalho ou que estão começando: “Não é fácil, mas é amor, somente com muito amor que conseguimos correr e caminhar nessa batalha. Cada um escolhe o que ama fazer. Mesmo as pessoas rindo e não dando valor, o nosso trabalho é muito gratificante e lutar para ser mudado esse jeito de pensar da comunidade. O cão não é apenas para ficar amarrado, eles sentem também dor e fome. Não desistam dessa caminhada, Precisamos mais de apoio mas vamos seguindo com aquelas pessoas que já entendem nosso trabalho”, finalizou ela.

A importância de castrar

Em sucessivas gerações, um casal de cães pode dar origem, em apenas 10 anos, tendo de 2 a 8 filhotes por cria, cerca de mais de 80 mil filhotes.

A castração é considerada a única forma realmente eficaz e ao mesmo tempo humanitária de controle populacional de animais.

A esterilização, ou castração é uma cirurgia que impede a procriação de cães e gatos (machos e fêmeas). Consiste na retirada dos ovários e útero da fêmea, e dos testículos do macho.

Os animais podem ser esterilizados a partir dos 3 meses de idade, não interferindo em seu desenvolvimento e formação.

A esterilização, além de impedir a reprodução e assim diminuir a superpopulação de cães e gatos, tem muitas outras vantagens para o animal e para seu proprietário:
As fêmeas não entram mais no cio;

Os machos param de fazer xixi em todos os cantos para marcar território;

A fêmea fica livre do risco de câncer de ovário e de útero e diminui muito o risco de câncer de mama;

Os machos param de fugir para ir atrás de fêmeas que estão no cio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui