A investigação apurou que uma das vítimas foi convencida a financiar 11 veículos no nome dela

Nesta quinta-feira (30), policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia de Criciúma, com o apoio de policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC), prenderam preventivamente, no bairro Cidade Mineira Velha, em Criciúma um homem suspeito de pelo menos 22 crimes de estelionato.

Na residência, onde ele estava também foram apreendidos dinheiro, celulares, dois veículos e outros objetos. Na companhia de outros suspeitos já identificados, o homem preso se aproximava de mulheres jovens, de pouco poder aquisitivo e oferecia valores de um seguro, convencendo-as a fazer compras no comércio no nome delas e passar os objetos a eles, sendo que tanto essas mulheres quanto as lojas ficavam no prejuízo.

A investigação apurou que uma das vítimas foi convencida a financiar 11 veículos no nome dela e de seus familiares e repassar esses veículos aos criminosos, que eram vendidos a terceiros logo em seguida. O prejuízo estimado às vítimas ultrapassa R$ 380.000,00.

O delegado de polícia Ari José Soto Riva informou que o inquérito já identificou oito vítimas, sendo que outras pessoas que também foram lesadas deverão ser ouvidas nos próximos dias. O homem preso foi encaminhado ao Presídio Regional de Criciúma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui