Segundo a Polícia Civil, o casal estava junto há cerca de sete meses, e o homem não aceitava o fim da relação

Nesta quarta-feira (8), a Polícia Civil prendeu o namorado de Roseli Fátima Stoll, de 38 anos, moradora do bairro Nações, em Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, que está desaparecida desde a última quinta-feira (2). O homem de 34 anos foi preso em Antônio Prado no Rio Grande do Sul após confessar ter assassinado a vítima.

Ele confessou à polícia que matou a mulher asfixiada com uma cinta e que jogou o corpo dela amarrado a uma pedra, no meio do lago de uma usina hidrelétrica, no interior de Alto Bela Vista, no Oeste de Santa Catarina.

Bombeiros militares da corporação de Piratuba, incluindo dois mergulhadores, iniciaram as buscas no rio Uruguai, nesta quarta-feira (8), na tentativa de encontrar o corpo de Roseli. As buscas seguem nesta quinta.

Segundo a Polícia Civil, o casal estava junto há cerca de sete meses, e o homem não aceitava o fim da relação.