Os mais de 1 mil alunos de educação infantil e ensino fundamental da rede municipal de ensino de Maracajá, começarão a receber nesta semana, conteúdos das disciplinas das turmas em que estão matriculados. A decisão e encaminhamentos foram dados em uma vídeo conferência com mais de 60 professores, na última semana.

“Nossos professores vão encaminhar atividades via internet aos alunos e aqueles que não têm acesso à rede mundial de computadores vão receber os mesmos conteúdos impressos”, informa a diretora do Departamento Municipal de Educação, Aline Rosso, que se motivou ainda mais diante da disposição dos profissionais da rede municipal de ensino.

“Todos estão com muita disposição e interessados em contribuir no processo”, acrescentou Aline. Na prática, cada turma se transformará em grupos de troca de mensagens e conteúdos das disciplinas. “Vai imperar a criatividade de cada professor e nossos técnicos pedagógicos e de informática darão a sustentação”, adianta a diretora de Educação.

O processo contará com ambiente virtual do RexLab, o Laboratório de Experimentação Remota, vinculado ao curso de Tecnologia da Informação e Comunicação do campus de Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina e do sistema On Line da Editora Positivo e do Sistema Aprende Brasil.

A previsão é que, entre hoje segunda-feira (13), e amanhã terça-feira (14) esteja concluída a pesquisa de quantos estudantes não contam com acesso a internet e tenham início os trabalhos das atividades, que poderão, futuramente, contar como atividade do calendário escolar, prejudicado neste ano em virtude da pandemia do coronavírus.