O objetivo do encontro é discutir sobre o impacto da inovação social nos desafios do século 21

A Associação Beneficente Abadeus realiza nesta terça-feira, dia 26, o primeiro Fórum Internacional de Inovação Social, em Criciúma. O evento acontece das 14h às 20h, na sede da Associação Empresarial de Criciúma (Acic). O objetivo do encontro é discutir sobre o impacto da inovação social nos desafios do século 21.

O fórum é idealizado pelo Centro de Inovação Social da Abadeus (Cisa), pioneiro em Santa Catarina, com o apoio de diversas instituições, empresas e associações de Criciúma, e voltado para a comunidade em geral, lideranças empresariais, políticas, educacionais e comunitárias, bem como aos profissionais da educação, RH, Judiciário, Ministério Público e OAB.

“Será um momento de troca de experiências e de quebra de paradigma significativa em relação ao terceiro setor e o que a sua inclusão pode potencializar de mudança e desenvolvimento socioeconômico”, destaca a diretora-executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro.

Além da troca de experiência com grandes lideranças do setor, o fórum terá apresentação de cases internacionais de sucesso e uma palestra com Fábio Deboni sobre “Inovação Social em tempos de soluções de mercado”.

Fábio é diretor do programa CAL-PSE, da Aliança pela Biodiversidade/CIAT, membro do Conselho do Fundo Brasileiro de Educação Ambiental (FunBEA), engenheiro agrônomo e mestre em Recursos Florestais. Já foi também gerente-executivo do Instituto Sabin de 2011 a 2020 e conselheiro do Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (GIFE). O engenheiro tem participado também ativamente do engajamento de institutos e fundações no campo de negócios de impacto. É considerado um entusiasta do tema inovação social, escritor de diversos artigos e está lançando seu quinto livro: “Inovação Social em tempos de soluções de mercado”.

Abadeus e o impacto da inovação

Em 2022, a Abadeus conquistou um feito inédito e se tornou a primeira instituição pioneira em implementar um Centro de Inovação Social em Santa Catarina. Com o fórum, pretende reforçar ainda mais a importância do tema, discutindo como a transformação em comunidades vulneráveis impacta a economia e responde aos desafios da sociedade 5.0.

Durante o evento, a proposta também é refletir sobre quais os autores que podem oportunizar o surgimento de novas gerações inovadoras e empreendedoras e que resultados as experiências de reposicionamento social de comunidade vulnerável vêm ocasionado.

O fórum conta com o apoio institucional da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Acic, ABRH (Associação Brasileira de Recursos Humanos) de Criciúma e Rede Catarinense de Centros de Inovação. Além disso, recebe o patrocínio da Canguru, Imbralit, Prefeitura de Criciúma, Sicredi, Cristal Copos, Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc), Satc, Unesc e Unisul.

Inscrição

Apesar de aberto ao público e gratuito, o evento terá ingressos limitados. A inscrição está disponível no link https://app.higestor.com.br/inscricao/5537.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui