Investigações já estão bastante adiantadas

A Polícia Civil da comarca de Santa Rosa do Sul já trabalha em ritmo acelerado na investigação dos dois homicídios da última segunda-feira 10, onde tratava-se do corpo de uma mulher encontrado no Rio Mampituba na comunidade de Campestre em São João do Sul, e o outro trata-se de um homicídio de um homem na Cohab de Santa Rosa do Sul.

Em conversas com o Delegado da comarca de Santa Rosa do Sul, André Gazzoni Coltro, ele explicou que o trabalho de investigação dos dois crimes já está bastante avançado, sendo realizado um trabalho minucioso buscando autoria e motivação.

A morte de Daiane Conrado em São João do Sul

O delegado falou que já na segunda-feira 10, a Polícia Civil deu início a investigação da morte de Daiane Conrado, onde de acordo com a autoridade policial já se tem suspeitos, circunstâncias e horários, mas ainda se trabalha juntando elementos dentro da investigação buscando a motivação para o crime. O crime ocorreu na madrugada de domingo.

Entenda o Caso

Na tarde de segunda-feira (10) a Polícia Militar e Polícia Civil foram acionadas por pescadores para atender uma ocorrência na comunidade de Campestre, no Rio Mampituba tinha sido encontrado o corpo de uma mulher. Polícia Militar e Polícia Civil se deslocaram para o local e encontraram o corpo de uma mulher de cabelo preto, pele branca. Ela usava uma camiseta preta, short rosa e uma sandália rosa. O corpo estava dentro d’agua próximo ao barranco do rio.

O Instituto médico legal (IML) e o instituto Geral de Perícias (IGP) foram acionados. No trabalho pericial foi usado um caiaque de populares para acessar o local onde estava o corpo da vítima. Durante os trabalhos periciais foram ouvidos os pescadores que encontraram o corpo da mulher e também filmado e fotografado o local dos fatos. A vítima apresentava perfurações de faca no pescoço, rosto e no peito.

Familiares da mulher que estava desaparecida procuraram a Polícia que atenderam os parentes na delegacia de São João do Sul.

A morte de Thiago Lourenço em Santa Rosa do Sul

O delegado disse a reportagem que as investigações sobre o crime que acabou com a morte de Thiago Lourenço também já estão bem adiantadas, sendo que um dos suspeitos já se encontra preso preventivamente.

O delegado André relatou que na noite do crime três homens teriam abordado Thiago na rua da Cohab em Santa Rosa do Sul, em frente a uma casa que já é usada para o tráfico de drogas. Os três homens passaram a agredir a vítima e conseguiram amarrar as pernas do mesmo e arrastar para dentro da própria casa. Thiago reagia e gritava pedindo socorro.

Após a vítima ser levada para dentro de casa foi ouvido disparos de arma de fogo, mas que não foram em sequência, demorando um determinado tempo de um tiro para outro. Já na noite do crime o trabalho da Polícia Civil junto a Polícia Militar conseguiu ter o nome dos suspeitos. No momento que a polícia realizava os trabalhos ainda durante a noite do crime a Polícia localizou e prendeu um suspeito. O delegado revelou a reportagem que esse suspeito diz não ter participado do crime mas revelou que viu os fatos.

A Polícia teve a informação de mais dois envolvidos, sendo que na noite do crime os policiais foram até a casa de um dos envolvidos que teria passado em sua casa e depois fugiu de carro tendo apoio de seu irmão. O irmão e o suspeito foram vistos pela Polícia  durante a noite. Foi iniciado acompanhamento do carro que eles estavam na tentativa de capturar os envolvidos. Mas os mesmos após fugir pela BR 101 abandonaram o carro e continuaram a fuga a pé. Eles não foram localizados.

Entenda o caso

Na noite de segunda-feira (10) a Polícia Militar de Santa Rosa do Sul foi acionada para atender uma ocorrência de homicídio na Rua K1, bairro Cohab em Santa Rosa do Sul.

Policiais Militares e Policiais Civis foram para o local. Ao chegaram na residência foi constatado que um homem tinha sido morto a tiros.

Diante dos fatos foi acionado o IML Instituto Médico Legal e o IGP Instituto Geral de Perícias. Já na noite de segunda-feira e madrugada de terça, se deu início às investigações em busca de suspeitos e motivação do crime. O homem foi identificado como Thiago Lourenço, morador de Sombrio.

De acordo com as informações, ele teria sido alvejado por quatro tiros de arma de fogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui